6 dicas para melhorar o aproveitamento de espaço no escritório

A qualidade do ambiente de trabalho faz muita diferença no bem-estar dos colaboradores e, consequentemente, na produtividade. Além disso, a otimização dos espaços na empresa faz parte da estratégia de utilizar da melhor maneira possível todos os recursos disponíveis.

Melhorar o aproveitamento de espaço no escritório passa por entender a maneira mais eficiente de dispor os móveis, saber usar a iluminação e as cores a favor e levar muito em consideração a necessidade de organização. Siga no texto para conferir seis dicas sobre o assunto!

1. Utilize a iluminação a seu favor

A iluminação faz toda a diferença na aparência e no aproveitamento de um cômodo, bem como, é claro, no conforto dos funcionários para trabalhar. Na hora de planejar a disposição dos móveis, portanto, evite ao máximo atrapalhar a entrada de luz natural.

A preferência por móveis de cor clara também ajuda a favorecer a aparência iluminada de um cômodo, e, além disso, uma boa composição de luzes e mobiliário pode aumentar a sensação de amplitude em um escritório pequeno. 

A utilização de pontos de luz claros e indiretos faz com que a iluminação se espalhe mais naturalmente pelo ambiente, seja mais confortável aos olhos e ainda dá a sensação de que ele é maior do que realmente é.

aproveitamento de espaço no escritório

Um escritório iluminado de maneira adequada é um ambiente melhor aproveitado e mais confortável para se trabalhar.

2. Saiba trabalhar as cores

A escolha das cores faz toda a diferença em um ambiente, podendo trazer tanto efeitos psicológicos relativos aos níveis de concentração, energia e produtividade quanto na sensação de amplitude do cômodo. 

É claro que é possível brincar com cores diferentes para trazer uma pegada mais descolada e até utilizar a psicologia das cores para entender qual o melhor tom para usar na parede daquela sala de reuniões, por exemplo. Via de regra, como isso está relacionado diretamente à iluminação, e sabemos que quanto mais claro melhor, o ideal é utilizar o máximo possível de cores suaves. 

Dessa forma, o visual fica mais harmônico, mais confortável para os olhos e para o cérebro e, além de tudo, o escritório parece maior: imagine um cômodo pequeno todo pintado de marrom escuro, ele vai parecer ainda menor e mais apertado, não é mesmo? Trabalhe as cores com parcimônia e, na dúvida, vá de claro

3. Verticalize o que for possível

A verticalização é uma excelente maneira de aproveitar melhor os espaços no escritório, visto que se passa a contar com locais mais altos que podem ajudar na organização e na decoração sem atrapalhar o trânsito de pessoas.

Aquele canto superior da parede pode ser ideal para pendurar um vaso de plantas, enquanto prateleiras, nichos e, até quem sabe, armários, podem ser instalados no alto e servir como excelentes suportes de materiais e arquivos menos utilizados no dia a dia. Falando em arquivos…

4. Invista em organização

Organização é tudo e, obviamente, tem tudo a ver com aproveitamento de espaço. Um ambiente cheio de coisas espalhadas dificilmente é confortável, eficaz e amplo.

Para melhorar os níveis de organização no escritório, explore armários e arquivos planejados, sejam suspensos ou que caibam encaixados nas mesas e em outros móveis dispostos no ambiente. Cogite, também, digitalizar o máximo de documentos possível. Além de melhorar a organização, essa tática traz muito mais segurança à empresa, visto que evita a perda de papéis por desgaste do tempo e, até, extravios.

aproveitamento de espaço: digitalização

A digitalização de documentos facilita a organização do escritório por diminuir o volume de papelada.

5. Diminua a quantidade de móveis

A busca pela flexibilidade nas relações de trabalho vem aumentando cada vez mais nos últimos anos. Se quiserem se manter atualizadas e competindo pelos melhores profissionais do mercado, as empresas precisam se adequar a essa demanda e, consequentemente, adaptar seus escritórios.

O escritório do futuro tem espaço reduzido e conta com cada vez menos móveis, visto que o trabalho fica cada vez menos reduzido a um lugar só. Com as pessoas tendo a possibilidade de trabalhar de onde quiserem, não são mais necessárias uma mesa e uma cadeira por funcionário, por exemplo. 

A ideia é explorar estações de trabalho de uso coletivo e ambientes que induzam a troca e a criação em equipe. A pandemia de Covid-19, por sua vez, trouxe novas diretrizes relacionadas à segurança nos ambientes de trabalho, que passaram a exigir ainda mais espaços livres e corredores amplos para deslocamentos. 

6. Busque opções flexíveis

Um escritório inteligente é um escritório adaptável. Em meio a tantas mudanças no mercado de trabalho, deixou de fazer sentido pensar somente em possibilidades definitivas e um mesmo conjunto de móveis de escritório que deve estar para sempre no mesmo lugar.

A tendência do “furniture as a service”, que em português quer dizer “mobiliário como serviço”, chega para suprir a demanda que nasceu em um momento em que faz mais sentido pagar pelo tempo de uso dos móveis ao invés de pagar pela sua propriedade. 

Pioneira brasileira no setor, a Hub Móveis lançou um sistema de móveis por assinatura para empresas. Essa é uma solução econômica e sustentável para ambientes corporativos, que entrega um design inteligente, desenvolvido a partir de novas ideias, materiais de qualidade, ótimos acabamentos e muita flexibilidade!

Com uma assinatura de móveis Hub, você escolhe não somente os seus móveis, mas o plano que mais se adequa a cada momento da sua empresa e também recebe todo o acompanhamento de transporte, montagem, desmontagem e eventuais manutenções. Procurando aluguel de móveis em São Paulo? Conheça nossas opções clicando no banner!

Conteúdo Relacionado

Riccó © 2021

Envie sua mensagem!