Buscar Riccó
WhatsApp

Atendimento WhatsApp

(11) 3081-6100

Blog - 18/2022

Auxílio home office: o que é, e quais as suas vantagens

O auxílio home office é uma dentre tantas iniciativas advindas das mudanças causadas pela pandemia do novo Coronavírus.

Em relação ao contexto de trabalho, ela provocou adaptações que tiveram que ser feitas de forma rápida. Os profissionais que antes iam ao escritório passaram a trabalhar de casa.

O fato é que a adoção do home office por grande parte das empresas fez com que surgissem alguns questionamentos. Um deles foi sobre o tipo de apoio e suporte com relação à disponibilização de recursos, tecnológicos ou não.

Ora, será que todos esses profissionais tinham estrutura em casa para continuar desempenhando suas atividades profissionais?

Um desses apoios foi o auxílio home office. Continue a leitura e entenda como funciona esse benefício corporativo. 

O que é o auxílio Home Office?

Esse é um benefício corporativo cujo objetivo é custear parte dos gastos que os colaboradores possuem com o trabalho em casa.

Dados da Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise de Covid-19, produzida pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo, apontam que 46% das empresas brasileiras aderiram ao home office.

Desse total, 67% tiveram dificuldade na transição entre o trabalho presencial e o formato remoto, precisamente em relação à disponibilidade de equipamentos e infraestrutura.

Essa dificuldade tem explicação. As necessidades dos profissionais são diferentes, portanto, cada um requer um tipo de ajuda que envolve:

  • Espaço adequado para trabalhar;
  • Equipamentos como um computador ou notebook;
  • Periféricos como mouse e teclado;
  • Internet de alta velocidade e;
  • Mobiliário ergonômico.

A questão é que o home office deve ser realizado nas mesmas condições do trabalho presencial. Veio daí a necessidade de criar um auxílio capaz de equiparar todos os profissionais no mesmo nível de estrutura. 

O auxílio home office, portanto, tem por objetivo cobrir de forma proporcional custos como energia, água, internet e outros, viabilizando as condições favoráveis para que os colaboradores tenham um bom desempenho durante o home office.

Existe uma lei para o auxílio home office?

O Projeto de Lei 5341/20 é o responsável pela instituição do tema, benefício concedido para que as despesas do trabalho na própria residência sejam subsidiadas pela contratante.

A proposição prevê que o pagamento do auxílio seja feito sempre no mês posterior ao da comprovação das despesas, preferencialmente junto com o salário — não como parte dele.

As despesas previstas, pela proposta, são:

  • Internet;
  • Energia elétrica;
  • Softwares;
  • Hardwares;
  • Infraestrutura necessária.

O Projeto de Lei 5341/20 prevê que a contribuição da empresa seja de 30% com os gastos acima.

Quem faz teletrabalho pode receber o auxílio home office?

Sim, é possível oferecer auxílio home office para os profissionais que trabalham de casa ou no regime de teletrabalho. É importante, no entanto, destacar as diferenças entre essas modalidades de trabalho.

Diferentemente do home office, o teletrabalho não obriga o colaborador a cumprir uma jornada, ou seja, ele possui a liberdade de realizar suas próprias rotinas. No entanto, isso o exclui dos direitos a hora extra, intervalos e o adicional noturno.

Também é importante frisar que as despesas relativas ao trabalho em casa, independentemente da modalidade, devem ser combinadas em contrato. Nesse caso, o teletrabalhador pode receber o auxílio home office desde que seja previamente combinado.

Como implementar o auxílio home office?

A implementação do benefício pode ser feita de diferentes maneiras. A mais comum se dá por meio de um valor de ajuda de custo, posteriormente à comprovação dos valores das despesas domésticas.

O valor acordado pode ser depositado por meio de um cartão de benefícios, desde que seja flexível. Dessa forma, o colaborador destina o valor para outras despesas, pois já pagou as contas apresentadas.

Essa quantia, ou a porcentagem dela, deve ser estipulada em contrato, bem como o que será fornecido ao colaborador para que ele faça o home office.

Além do equipamento básico, é fundamental garantir o mobiliário correto para que, mesmo em casa, o colaborador mantenha uma boa postura corporal ao desempenhar suas atividades e evite doenças que causam afastamento.

Quais as vantagens de oferecer o auxílio home office?

O benefício proporciona vantagens tanto para a empresa quanto para o colaborador. Vamos entendê-las separadamente:

Vantagens para o colaborador

O profissional que trabalha em casa consegue aproveitar melhor o próprio tempo, pois deixa de separar uma parte dele para sair de casa e, em muitos casos, enfrentar congestionamentos e/ou transporte público lotado.

Esse tipo de benefício aumenta a experiência do empregado, pois o colaborador trabalha no conforto da própria casa e pode trocar aquele tempo no trânsito, por exemplo, por uma prática esportiva ou outra rotina de cuidados com a saúde.

Vantagens para a empresa

As vantagens para a empresa começam no corte de custos com água, energia e internet em sua sede. Por mais que pague ao colaborador parte dos custos que ele tem, eles ainda são menores que o de um espaço coletivo.

Outra vantagem é proporcionar um espaço em casa para que o colaborador seja produtivo — até mais do que seria no escritório. 

O fornecimento de um kit material de escritório, copo térmico e periféricos, além dos equipamentos básicos como um notebook, permite que o trabalho seja realizado em casa.

Também é vantajoso para a empresa quando, no auxílio home office, ela contempla a oferta de bons móveis para escritório, pois eles reduzem as chances de afastamento por doenças de trabalho.

Quando são bem escolhidos, evitam dores nas costas, pernas e braços. Móveis assim ainda cumprem com as Normas Regulamentadoras que estipulam os padrões de mobiliário que devem ser adotados em ambientes de escritório. 

Com as mesas, cadeiras, acessórios e equipamentos corretos, a empresa consegue ser mais produtiva, reduzir desperdícios, diminuir o absenteísmo e aumentar a valorização dos seus profissionais.

E aqui vai uma boa notícia: sua empresa não precisa comprar os móveis. Ela pode alugá-los em um serviço de assinatura elaborado sob medida, de acordo com as necessidades de cada colaborador.

Gostou da ideia? Então conheça o serviço de móveis por assinatura da Riccó,  e veja como essa solução contribui para a boa experiência dos seus colaboradores no home office!

 


Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

Escreva o seu comentário

Leia Mais

Abrir Conversa
Olá! Como podemos te ajudar?